Menú // Pesquisa
#QuemPensa é Constança Oliveira: “simplesmente”

#QuemPensa é Constança Oliveira: “simplesmente”

É assim um depositar da minha consciência
Estas minhas palavras agora acordadas
Que pesam sobre este corpo nu
Que soam adormecidas à medida que os meus dedos debitam a sua matéria
É assim
É assim que eu sou , uma espécie rara
Verde, esperança
Branco que balança
Corpo corrido pela estrada fora.
Trepo as paredes bandidas das cidades amplas
Puxo com força as nuvens que cobrem o sol
Levanto o silêncio que ecoa a minha alma
E num lançar de olhares brancos abraço a natureza que agora me seduz com a sua luz
Deito-me no chão da praça vazia, despeço-me da viagem que começa de novo amanhã
E é assim
Só assim.

artes plásticas, amarelo, rosa, vermelho, pintura, óleo
Diego Bernard – Atlas