Menú // Pesquisa
#QuemDeclama é Sérgio Morais: “A Mosca”

#QuemDeclama é Sérgio Morais: “A Mosca”

a mosca faz-me companhia
olha comigo para a chuva
e mexe as asas
ao ouvir os jogos de água
(os do lado de lá da janela
e os do Ravel)

percebe o meu silêncio
sabe que não é por vontade própria
sabe que até a lua precisa de parar
e por vezes não existir

a mosca
pelo simples hábito de me olhar
escolhe parar também
não se mexe
acho que morreu pendurada
e a olhar para o céu

as moscas
merecem o mesmo céu que nós
o que morreu igualmente pendurado
não nas cortinas
mas nos livros

as moscas mortas
dão boas companheiras de contemplação
fazem pensar
e não exigem demais

só a eventual saída de cena
para não causar distúrbios
e não levar a gente
a ponderar sobre o que virá
quando chegar a hora de abrir a porta

arte, abstracta, pontos, preto, branco, escala de cinzentos; minimalismo
“Sem Título” – André Cruz