Mulher em perfil com laranja por baixo do rosto, fotografia a cores
17 Maio, 2020
#QuemVê é Meru Freire

Desde que comecei a ter uma noção da realidade que soube que a olhava e a vivia de maneira diferente. Não sei até hoje o propósito da minha existência, mas justifico-a, quando posso, através da arte.

Ler Mais
5 Maio, 2020
#QuemPensa é João Ricardo: “Barbeiro de Sevilha Revisited”

Dançante a tesoura contornando os caracóis do cabelo, espreita tímida sob a orelha e logo a corta. Os olhos dilatados intensificam o crescente encarnado da face e, o freguês, coitado, antes mesmo de sequer conseguir retirar um agoniante e grotesco berro do interior da garganta, já se lhe trespassa nas cordas vocais a tesoura que, de tão pomposa e com mania de pincel, faz nascer entendidos traços e imensas gotas de aguarela vermelha no vidro baço. 

Ler Mais
poster a preto e cinzento, com granulado, anjo negro, apresentação da playlist
4 Maio, 2020
#QuemOuve é Diogo Soares

« I wouldn’t have been surprised if the bloke from the lab had called back and said, ‘Mr Osbourne, we appear to have found some blood in your alcohol.’”» Ozzy Osbourne  

Ler Mais
Criança e mulher estão abraçados de costas para o espelho
3 Maio, 2020
#QuemDeclama são Pregos no Caixão: Mulheres

A mulher não se inspira no homem porque O homem é que se inspira na mulher Mulher que se inspira em homem não inspira, desinspira a próxima Porque a próxima e a antes dessa Já sabem que mulher que se inspira em homem, desespera Homem que se inspira em mulher, romantiza A mulher é para ser fonte de inspiração, não é para se inspirar A mulher é para ser pensada por grandes homens, não é para pensar  

Ler Mais
29 Abril, 2020
#QuemDeclama é Constança Oliveira: “Instantes”

Penso com pena de ti Com pena que estejas a perder a luz luminosa que te adianta Tu que vives a vida como eterna E que te esqueças dos instantes que ela te entrega Como a maré que vaza e volta Como um pássaro que pousa duas vezes sobre o mesmo poleiro Seria um sonho ser assim Mas só a natureza o é Só ela tem o direito a perder Só ela é eterna E eu não tenho pena dela, tenho pena de ti.

Ler Mais
arte, abstracta, pontos, preto, branco, escala de cinzentos; minimalismo
23 Abril, 2020
#QuemDeclama é Sérgio Morais: “A Mosca”

a mosca faz-me companhia olha comigo para a chuva e mexe as asas ao ouvir os jogos de água (os do lado de lá da janela e os do Ravel) percebe o meu silêncio sabe que não é por vontade própria sabe que até a lua precisa de parar e por vezes não existir a mosca pelo simples hábito de me olhar escolhe parar também não se mexe acho que morreu pendurada e a olhar para o céu as moscas merecem o mesmo céu que nós o que morreu igualmente pendurado não nas cortinas mas nos livros as moscas mortas dão boas companheiras de contemplação fazem pensar e não exigem demais só a eventual saída de cena para não causar distúrbios e não levar a gente a ponderar sobre o que virá quando chegar a hora de abrir a porta

Ler Mais
cabeça de um homem cortada em cima de uma mesa
21 Abril, 2020
#QuemPensa é Spiralist: “The Mantis” Parte II

The Christ-like sacrifice of his father was never completely forgotten as the boy turned into a man at the orphanage and found himself completing his education and landing a secure gig with some faceless corporate entity, blending in seamlessly with an unknowing and indifferent society, but he could feel the weight of time slowly dilute its impact over the years.

Ler Mais