Menu & Search
#ComoFoi o 8 de Março

#ComoFoi o 8 de Março

A arte também é campo de luta política.


Num oito de Março com um céu azul e rosa, perto de três mil pessoas juntaram-se na Praça dos Poveiros, no Porto, para darem um passo mais na direcção da libertação e da liberdade de todas as mulheres. Na que foi uma das maiores manifestações feministas do Porto nos últimos anos, cantou-se “ai, ai, ai, se eu lutar machismo cai” e “eu vou passar, sou feminista e o mundo vou mudar”.

Foram múltiplos colectivos e associações que se juntaram à marcha que saiu dos Poveiros, percorreu Santa Catarina e desceu Sá da Bandeira em direcção à Praça D. João IV, em frente ao Rivoli. Respirava-se luta e solidariedade. Rostos jovens e rostos curtidos pelo tempo, gritou-se em castelhano, em português e ouviram-se palavras de ordem contra Jair Bolsonaro e a justiça machista.

A arte também é campo de luta política, e por isso é que a CVLTO esteve na Greve Feminista Internacional para vos mostrar como foi.

 

Fotografias: Zita Moura